Gordilho
esculturas figurativas em resina poliester
figuratives sculptures
tabela de preços

click para ir à pagina principal / click to go home


click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior

Studio Vingt e Cinq - Paris 1981

Galeria Aktuell - Rio de Janeiro - 1982

Galeria Portal - São Paulo 1982


A Obsessão de Edgard Gordilho

Há aproximadamente vinte anos enfrentei pela primeira vez os materiais sintéticos utilizados como material para escultura. Fiquei em dúvida durante bastante tempo. Percebi as suas vantagens. Mas estava acostumado ao conceito dos materiais nobres, tais como bronze, mármore, granito, etc. E os produtos sintéticos, naquela época, certamente não faziam parte deles. Mas em 1963 a Bienal de São Paulo nos revelou - por intermédio de Martin Friedman, Comissário dos Estados Unidos, e o então e atual diretor do importantíssimo Walker Art Center de Minneapolis - não somente que o material sintético estava sendo empregado por um grupo de escultores jovens de grande talento, mas também que estava sendo empregado com excelentes resultados. De lá até Edgard Gordilho muitas águas correram por debaixo da ponte. Cléber Machado, Marília Kranz, Márcio Mattar - para falar somente em alguns brasileiros - fizeram as suas experiências, e a aceitação do material sintético já era generalizada. Havia ainda certas deficiências na qualidade do material nacional e em seu tratamento, obstáculos que Edgard Gordilho obviamente conseguiu superar. Nas mãos de Edgard Gordilho a resina de poliester adquiriu uma nova nobreza, uma nova luminosidade. A luz e a transparência são elementos essenciais para o trabalho com o poliester, e são elementos que Edgard Gordilho domina. Da abstração ele partiu para a figura, para uma quase-obsessão com as formas e as curvas femininas. E através de um jogo de luz e sombra, de transparência e de opacidade, de um erotismo atenuado, ele encontra uma liberdade de expressão muito dele, da qual participam a contemporaneidade do material por ele empregado, os eternos valores estéticos do corpo feminino. Edgard Gordilho é um artista jovem. Ele encontrou UM caminho, que provavelmente ainda não é o definitivo. Mas seja qual for o caminho final, em vista da seriedade do artista, de seu óbvio talento, e de seus conhecimentos técnicos, é mais que lícito esperar muito dele. Esperar e cobrar.

Marc Berkowitz

apresentação de catálogo / junho de 1979

In Gordilho’s hand the poliester resin acquired a new luminosity. Light and transparence are essential elements for poliester work, and those elements Edgard Gordilho overlooks.


clique para ver maior
clique para ver maior
clique para ver maior
Galeria Spac - Rio de Janeiro 1978
Galeria Casablanca - Rio de Janeiro 1979
Studio Vingt e Cinq - Paris 1981
clique para ver maior
clique nas imagens dos cartazes para ver maior
Galeria Aktuell - Rio de Janeiro &
Galeria Portal -
São Paulo - 1982


Spanske Kulturinstitut - Copenhaguen 1984
clique para ver outros cartazes de exposições

click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior
click para ver maior
   
   

click para ver esta escultura girando
Escultura busto em resina poliester, cópia executada através de fotografia
O busto pode ser fundido em bronze, em mistura de resina com pó de mármore ou outro material.
clique para ver esta escultura girando.

 


Miss Angola 2011
escultura troféu de premiação, executado em resina poliester com pintura laqueada dourada e prateada


click para ver maiorseios policromáticos


click para ver o estúdio
estudio / studium

 

tags escultura figurativa troféu em resina poliester busto troféu